17 Minute Languages Blog: "Toda língua oferece novas oportunidades"
| Início | Institucional | Política de privacidade | Contato | Log in |

 

 
 

Curiosidades sobre o Africâner

Com quantas pessoas posso interagir aprendendo africâner?

língua africâner

A língua africâner tem mais de 12 milhões de falantes.
Cerca de 6,4 milhões de pessoas a tem como língua materna - e um número a esse aproximado também tem o africâner como segunda língua.

Onde o africâner é falado?

A maioria dos falantes mora na África do Sul.
Lá o africâner é - junto a 10 outros idiomas - a língua oficial.
Também em países de fronteira moram muitos falantes, como por exemplo: Namíbia, Botsuana, Zimbábue, Suazilândia e no Lessoto.

Onde o africâner é falado?

Africâner - uma língua jovem

Na visão da linguística, o africâner é uma língua jovem.
Seu surgimento começa no começo do século XVII quando os colonizadores holandeses começaram a construir no Cabo da Boa Esperança um porto comercial da companhia das Índias Orientais.
 
Os holandeses trouxeram naturalmente consigo sua língua.
A língua sofreu, contudo, fortes transformações nos anos seguintes e logo se desenvolveu um caráter próprio na África do Sul.

De fato, muitas palavras do africâner tem sua origem no holandês, mas também muitas outras línguas o influenciaram.
Por exemplo os idiomas Bantu e Khoisan da população autóctone da África do Sul influenciaram o vocabulário do africâner.

Os colonos em Cabo da Boa Esperança expandiam cada vez mais seus domínios.
Para trabalhar nas plantações, trouxeram escravos da atual Indonésia, da ilha de Madagascar e de Angola.
Esses escravos falavam malaio e uma variação do português creole.
Ambos idiomas foram introduzidos no vocabulário do africâner em formação.

Em 1806 os britânicos conquistaram a África do Sul e lá implementaram uma colônia da coroa britânica. Consequentemente o inglês influenciou muito o africâner difundido na África do Sul.

Em 1875 foi fundada a “Genootskap van Regte Afrikaners” „Genootskap van Regte Afrikaners“ (Associação dos africânderes autênticos - artigo da Wikipedia disponível em inglês). Dentre seus objetivos estava o de promover o africâner na sociedade e torná-lo a língua oficial para a escrita.
Um ano após a criação da associação aparece o primeiro jornal em africâner, seguido de publicações literárias e primeiras obras sobre a gramática africâner

Com a criação da União Sulafricana, o africâner se tornou a língua oficial do país e assim é até hoje.

Especificidades do africâner quando comparado ao holandês

Encontramos diferenças entre o holandês e o africâner em diversos níveis:
No geral pode se dizer que o africâner representa no seu desenvolvimento uma simplificação de outras línguas.

A pronúncia e a ortografia do africâner se distanciaram do holandês, simplificando-o.
Para um estudante, por exemplo, é mais fácil aprender africâner do que holandês, uma vez que a escrita do africâner tem mais fiel correspondência à pronúncia das palavras.

Outras diferenças se encontram no vocabulário:
durante seu desenvolvimento muitas línguas influenciaram o africâner. O alemão e o inglês trouxeram colonos consigo; o malaio e o português eram falados por escravos na África do Sul; outros idiomas Bantus e Khoaisan eram falados por nativos em Cabo: todas essas línguas deixaram vestígios no vocabulário africâner.

A maioria das diferenças se revelam, contudo, na comparação entre as gramáticas de ambas as línguas.
No africâner por exemplo não há flexão dos verbos como há no holandês.

 
Uma outra especificidade do africâner é a dupla negação.
Como regra, uma frase negativa em africâner termina sempre com um nunca (no sentido de "não").
Isso além do pronome negativo que já acompanha a frase.
Assim se diz que a dupla negação é típica do africâner.

Exemplos da dupla negação:

  • Ek is nie getroud nie.
    Literalmente: Eu não sou casado nunca.
    Eu não sou casado.
  • Ek praat geen Afrikaans nie.
    Literalmente: Eu não falo africâner nunca.
    Eu não falo africâner.

Para que a frase acima não se aplique mais a você, comece a aprender com o curso de africâner da 17 Minute Languages.

Quer aprender mais sobre o africâner?

  1. A página da Wikipedia sobre o africâner é muito interessante.
  2. Você sabia que existe um monumento em homenagem à língua africâner? O "Afrikaanse Taalmuseum" fica na cidade de Paarl.
  3. Que tal aprender as 50 palavras mais importantes do africâner?
    Teste! Gratuitamente e com pronúncia das palavras gravada por um falante nativo.
  4. Talvez você também queira visitar o site da Federasie van Afrikaanse Kultuurvereniginge (em português: Federação das Associações Culturais Africânderes) e aprenderm mais sobre a literatura e cultura africander?

 

 
BEM-VINDO
* * * * *
Métodos de aprendizado:
- - - - -
Aprender um língua em 12 meses (parte 1)
* * * * *
Aprender um língua em 1 ano (parte 2)
* * * * *
Método de aprendizado por associação
* * * * *
Qual o melhor horário para estudar?
* * * * *
Que tipo de estudante você é?
* * * * *
Dicas para aprender:
* * * * *
Aprender o alfabeto cirílico
* * * * *
Aprender Africâner
* * * * *
Aprender Coreano
* * * * *
Aprender Inglês: Falsos cognatos
* * * * *
Aprender Japonês
* * * * *
Hiragana
* * * * *
Katakana
* * * * *
Kanji
* * * * *
Dicas: Memorizar o Kanji
* * * * *
Sobre o norueguês
* * * * *
Sobre o polonês
* * * * *
Sobre o russo
* * * * *
Feliz Natal em outras línguas
* * * * *
Dicas para estudar no exterior:
* * * * *
Estudar na Alemanha
* * * * *
Informações sobre universidades alemãs
* * * * *
Entrevista: Estudar na Alemanha
* * * * *
Cultura:
* * * * *
O mundo de futebol na Alemanha
* * * * *
Turismo:
* * * * *
Uma viagem ao castelo Neuschwanstein
* * * * *